adventure-blue-sky-daylight-2009968.jpg

Ou somos,

ou não somos

15, Julho 2020

 

Davi provou de momentos muito específicos em sua vida desde que foi chamado, quando ainda era um pastor de ovelhas no anonimato, em total entrega ao trabalho e fidelidade ao seu pai e família. Também em outros momentos muito significativos, onde vemos o seu crescimento de vida em tudo o que percorreu na sua trajetória. O que ele viu e provou, vemos descrito em alguns Salmos de sua autoria e em outros textos históricos, os quais nos relatam das coisas que ele aprendeu. Creio que o mais importante, foi atrair a presença do Senhor para a sua vida, sem falar da sua integridade diante do Todo Poderoso.

 

Nossa formação por muitas vezes, vem nos apontar para aquilo que é aparente e que podemos formar, edificar ou fazer, isto é,  tudo o que chamamos de frutos e importantes resultados, como se isso fosse a cereja do bolo ou a última coca cola do deserto. E não é!

 

O que Jesus afirmou quando falou sobre frutos, foi que a aparente forma de dar frutos apenas para poder mostrá-los, não faz sentido, pois precisamos sim estar ligados, em tudo o que vivemos, no Senhor e nos Seus princípios e fundamentos, pois podemos profetizar e até tocar muitas vidas, mas se não vivermos os Seus mandamentos, como Jesus mesmo disse, Ele não nos conhece. 

 

O que fazer, para vencer esse tipo de estrutura de vida? Creio que primeiro, por incrível que pareça, é acreditarmos que foi Jesus quem falou sobre essas coisas, e portanto, buscar entendimento, pois Deus é amor, Ele ama o pecador, mas Nele existem princípios inegociáveis, super necessários para que uma árvore dê frutos, frutos que permaneçam na real direção daquilo que está no coração de Deus. Veja!

 

 

"Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.
Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.
Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.
E aconteceu que, concluindo Jesus este discurso, a multidão se admirou da sua doutrina;
Porquanto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas."
 Mateus 7:16-29

 

 

Se formos então concluir esse texto de Mateus, veremos nitidamente que fazer barulho ou ter um crescimento aparente, está diretamente ligado à fazermos, fazermos, edificarmos, fazermos crescer, mas se não há bases em Jesus, nada disso estará ligado a árvore que dá os seus frutos na estação própria, pois não seguimos de perto as práticas da Palavra de Jesus. 

 

Certo dia, eu me perguntei o que mais Deus poderia me cobrar sobre frutos? Então iniciei a pensar primeiramente nas coisas que eu tenho mais responsabilidade? Percebi que iniciaria pela minha esposa, quem sou e aquilo que vivo ao lado dela. Será que pratico a Palavra de Jesus ao lado dela? Depois, os meus filhos naturais, os meus filhos na fé, a Igreja e tudo o mais que me cerca!

 

Nesse lugar de entendimento, certamente vamos dar muitos frutos que permanecerão pela eternidade! 

O Senhor tem nos chamado a viver assim nesse tempo! 

Dê muitos frutos!

 

 

Amilcar Sampaio

© 2020 Unindo Gerações,

todos os direitos reservados

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey Instagram Icon