Crer ou não crer... Eis a questão que faz toda a diferença!


Davi aprendeu no campo, trabalhando e dando sua vida pelo rebanho, que Deus cuidava dele e de todas as coisas. É o que constatamos no Salmo 23.

O Senhor em seu carácter é provedor e não alguém que subtrai.

A mentalidade de subtrair não é de Deus e sim do homem adâmico, que foi corrompido em seu carácter! Caim matou Abel, porque não conhecia esse Deus que cuidava e era o pastor de tudo. Ele teve dúvidas, e não conseguiu dar o melhor. Amainas e Safira não conseguiram dar o melhor como Barnabé. Este deu tudo, aqueles só tinham aparência de bonzinhos, até quiseram dar, mas não conseguiram e Satanás segurou o coração deles, pois duvidavam e morreram.

. DUVIDAR ... A TAL INCREDULIDADE

Adão não deu crédito a Palavra de Deus e sofreu com isso. Na verdade isso foi um grande mal, que se estende até hoje, quando não se tem uma base de vida, e um dia a dia, onde construímos um altar de adoração, através de nossa conduta, e de nossa vida naquilo que a palavra de Deus diz. A incredulidade foi um mal terrível nas gerações, até chegar na Geração de nosso Senhor Jesus, que disse: