Podemos pagar para sermos livres dos pecados?



Um adorador e um líder podem mudar tudo o que está a sua volta!

A incrível história de Davi na conhecida Eira de Araúna, chama-nos a atenção por ver que apesar de um erro de ganância e um coração prepotente, a sinceridade do arrependimento e a mudança de atitude, em ações diferenciadas, foram elementos que mudaram o céu e trouxeram a presença de Deus.

Precisamos entender que Davi cometeu um erro, com bases na desobediência, e fez algo tão inoportuno que a Palavra diz que Satanás levantou-se contra Israel. E nisso como ficaram os que protegiam a nação?

Nesse trecho da Palavra e nessa história, podemos perceber que por trás de todo o contexto daquilo que foi erguido dentro da autorização de Deus contra Israel, vemos uma exortação a um homem que tinha predisposição a voltar o coração, e de fato fazer a vontade do Senhor sobre sua vida! Isso faz-nos concluir que o maior problema do homem em sua essência é consertar-se e iniciar um novo tempo por meio de atitudes novas, pois senão Davi como exemplo, não seria chamado de um homem segundo o coração de Deus. Uauuu... seria isso meio complexo?

Vamos pensar que pecado é o erro e como João diz, desde o início quem vive no pecado é o diabo como na lama (1 João 3:8).

Precisamos entender que fomos recriados em Deus e em nós já não há mais essa essência, e que apesar de sermos frágeis, muito maior é Aquele que está em nós, fazendo- nos aptos a viver da Sua natureza, para vencermos e sermos então restaurados, a fim de usufruir de um novo tempo!

"Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo." (1 João 3:8)

Num momento tão pesado em que o inimigo levanta-se contra Israel, resultado de um ato terrível de Davi, que originou circunstâncias ainda mais terríveis, podemos perceber o início de uma nítida restauração e consequentemente a chegada de um novo tempo, pois o coração de Davi conseguiu enxergar restauração como mudanças radicais que ele poderia experimentar através de arrependimento e mudanças de atitudes! Necessitamos perceber que quando mudamos rotas e direções, experimentamos mudanças, ou seja, o novo tempo é a consequência de novas praticas (atitudes)! Veja!

"E, vendo Davi ao anjo que feria o povo, falou ao Senhor, dizendo: Eis que eu sou o que pequei, e eu que iniquamente procedi; porém estas ovelhas que fizeram? Seja, pois, a tua mão contra mim, e contra a casa de meu pai." (2 Samuel 24:17)


DAVI ASSUME SEU ERRO DIANTE DE DEUS E DO HOMEM!

DAVI ENTREGA-SE TOTALMENTE!

Uauuu! Que situação! Somos sim a fonte de avivamento para esses dias tão difíceis nas nações! Precisamos compreender que aquilo que pode marcar uma geração e edificar uma cultura de Cristo que transforma muitas pessoas, será gerada à partir de nós e daquilo que construímos através dos nossos corações diante de Deus e do homem! Atenção! Atenção! A atitude de Davi faz-nos ver profeticamente aquilo que Jesus fez, entregando-se sem limites para que a destruição cessasse sobre o homem!

O que vemos é que homens e mulheres, nas gerações, que entregaram-se totalmente a Deus, conseguiram enxergar a cruz como um lugar de restauração e não de morte, e por isso, na revelação do amor de Deus podemos contemplar mudanças! É à partir de nós! Somos nós que impulsionamos o céu sobre a terra, e trazemos em nossos dias o extraordinário! Creia! Através de nós! Através de você tudo pode mudar!

O LUGAR DE UM MINISTRO DE LOUVOR/ADORAÇÃO!

O lugar da simplicidade, do arrependimento, do quebrantamento são lugares em que Deus opera com muita liberdade, trazendo a Sua justiça sobre a terra!

Sem querer constranger ninguém, mas nesse lugar de estar em um altar edificando algo, não é um lugar de receber e sim de dar! Deus não tem vínculo com edificações feitas pela medida do que recebemos. Após assumir a sua responsabilidade, Davi fez uma outra coisa que marcou os seus dias e demonstrou o que inspirava seu coração apaixonado! Uauuu! O coração dele estava estabelecido além das palavras, em um lugar de um expressão arrebatadora em concluir a situação e apresentar-se de maneira em dar a Deus mais que um sacrifício, e na liberdade de ir até ao altar e oferecer algo pelo qual ele pudesse mover-se mais do que palavras, notas musicais, poesias, pois ele ofereceu a sua vida, sua prática e a obediência acima de tudo! Quando subimos até o altar o que temos no coração? É impressionante como Davi tem uma leitura do reino do Leão da tribo de Judá de tal maneira, que ele move-se em primeiro lugar em dar e entregar, além do que a qualquer coisa! Sim!



O LUGAR DO HOMEM, O LUGAR DO SENHOR!

Estruture tudo no lugar e renda-se! A estrutura de um ministério que toca a terra desenvolve-se em colocarmos as coisas no lugar devido! Não queira nada do teu ministério, ou apodere-se de nada daquilo que não é seu!

A base é que em primeiro lugar sejamos aqueles que semeiam e rendem-se totalmente ao Senhor! O coração de Davi estava em dar, entregar, mover-se para isso, e estabelecer um novo tempo, um concerto através de seu coração arrebatado pelos princípios de Deus! Quando lemos 2 Samuel 24, o que vemos é que Davi por um momento entrou em um lugar que ele não poderia, que foi fazer o censo/contagem do povo, a fim de mover-se dentro da sua autoridade, e não debaixo Daquele que chamou-o de trás da malhada. O lugar em Deus para Davi não era de enumerar o povo, e sim de continuar o seu chamado na total dependência de Deus, na simplicidade já reconhecida por todos que estavam ao seu lado. Foi esse o seu procedimento!

Um conselho:

  • flua em Deus, mas nunca deixe de viver com clareza aquilo que está estabelecido sobre sua vida.

  • nunca pense que você vive o Reino independente de Deus e de pessoas.

  • não faça nada por impulso, mas pela vida no Espírito.

  • obedeça a estrutura que está sobre a sua vida.

  • seja manso, seja humilde, busque isso.

  • dê o melhor, espere no Senhor.

  • expectativas sempre em Deus!



VEJA!

"E Gade veio naquele mesmo dia a Davi, e disse-lhe: Sobe, levanta ao Senhor um altar na eira de Araúna, o jebuseu. Davi subiu conforme à palavra de Gade, como o Senhor lhe tinha ordenado. E olhou Araúna, e viu que vinham para ele o rei e os seus servos; saiu, pois, Araúna e inclinou-se diante do rei com o rosto em terra. E disse Araúna: Por que vem o rei meu Senhor ao seu servo? E disse Davi: Para comprar de ti esta eira, a fim de edificar nela um altar ao Senhor, para que este castigo cesse de sobre o povo. Então disse Araúna a Davi: Tome, e ofereça o rei meu senhor o que bem parecer aos seus olhos; eis aí bois para o holocausto, e os trilhos, e o aparelho dos bois para a lenha. Tudo isto deu Araúna ao rei; disse mais Araúna ao rei: O Senhor teu Deus tome prazer em ti. Porém o rei disse a Araúna: Não, mas por preço justo to comprarei, porque não oferecerei ao Senhor meu Deus holocaustos que não me custem nada. Assim Davi comprou a eira e os bois por cinqüenta siclos de prata. E edificou ali Davi ao Senhor um altar, e ofereceu holocaustos, e ofertas pacíficas. Assim o Senhor se aplacou para com a terra e cessou aquele castigo de sobre Israel." (2 Samuel 24:18-25)


CONCLUSÃO!

Não existe outro lugar para nós do que ter o coração de Jesus, onde nesse contexto que estamos estudando, a melhor coisa é dar do que receber! A cultura do receber em primeiro lugar não é de Deus, e isso é uma deformação que tem estagnado a vida de muitas pessoas, naquilo que é o nosso chamado como adoradores, e consequentemente aos que são chamados ao ministério de Jesus. Sabendo disso, o próprio inimigo tentou tirar Jesus do foco, e no deserto quis traçar um futuro para Cristo diferente daquilo que Deus Pai havia como eterno propósito. O que o inimigo tenta é tirar o coração de adorar, dar, entregar o melhor, a fim de colocarmos o coração naquilo que recebemos, sendo como uma moeda de troca e de valores, e também do carácter do Pai, e cremos que principalmente em negociarmos o propósito que Deus tem sobre as nossas vidas, e assim vivermos como que presos em uma cultura deformada e sem direção, isso olhando para aquilo que a Palavra diz quando Satanás levantou-se contra Israel em 1 Crônicas 21, e tentou mudar o coração de Davi para soberbo, em caminhar pela sua força ao fazer a contagem da nação que não deveria. O arrependimento dele torna-se evidente após a confissão, e também por ter um novo modelo de vida e prática.

O que Davi fez foi que ao invés de uma cultura humanista, onde o homem é o centro, ele olhou para o céu, arrependeu-se, e praticou algo totalmente contrário, pois não aceitou entregar algo ao Senhor que não fosse o fruto do seu esforço, e a integridade em não esperar por nada, mas teve por modelo de vida dar daquilo que nasceu em seu interior, o melhor para Deus!

#ATIVEISSOAOSEUCHAMADO

#ATIVOISSOAOSEUMINISTÉRIO

#SIRVAESSAGERAÇÃO

#MELHORTEMPOJACHEGOU

89 visualizações
adora-ball-fireBWHITE.png

MENU

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
© 2020 ADORA